NOSSA REVISTA ON-LINE PRA VOCÊ!

sexta-feira, 10 de fevereiro de 2017

ARTEFACTO CURITIBA LANÇA NOVAS VITRINES

Os destinos mais desejados do mundo serão retratados por quatro arquitetos que homenageiam, também, personalidades locais e nacionais

A Artefacto Curitiba promove o lançamento das quatro primeiras vitrines do ano no dia 14 de Fevereiro. O público poderá visitar diferentes espaços e conhecer tendências de arquitetura, bem como buscar inspiração nos projetos dos quatro profissionais que assinam as vitrines com exclusividade.

Priscilla Müller
Vitrine: A Bahia de Joyce Pascowitch
Destino: Bahia
Homenageado: A jornalista Joyce Pascowitch.                             

Conceito: Com 100m² aproximados de área total, o ambiente da vitrine terá living e quarto integrados. Nos highlights, peças icônicas e atemporais, especialmente selecionadas para resultar em um espaço funcional e versátil, cuja alma se encontra nos detalhes – como objetos garimpados e trazidos diretamente da Bahia. Para um clima leve e atual, Priscilla elegeu peças com linhas e movimentos lineares e tecidos e materiais naturais. No mobiliário, um dos destaques fica por conta da chaise Michelangelo, da Artefacto, que atua também como artigo escultural. “Fora da mostra, a Artefacto é uma marca sempre presente em meus projetos, especialmente porque é afinada com as diretrizes do design mundial e entrega um produto perfeito em beleza e ergonomia”, avalia Priscilla. Móveis da linha Beach&Country também foram especificados pela arquiteta. No living central, painéis de marcenaria em madeira carvalho, da Madeira Certa, promovem acolhimento, enquanto o linho dos xales e móveis estofados transferem sensações de conforto, aconchego e neutralidade. Para diferentes percepções sensoriais e visuais, a arquiteta aposta na combinação de texturas e materiais, que será responsável pela diversidade e descontração esperadas no ambiente. O projeto luminotécnico foi desenvolvido para destacar o mobiliário e os detalhes, e faz uso de luz indireta em detalhe de sanca para iluminar os painéis de madeira e tornar o espaço mais acolhedor e visualmente agradável. O verde, representando a natureza, estará integrado aos painéis. Priscilla faz jus à proposta baiana ao especificar importantes obras da renomada Paulo Darzé Galeria, de Salvador, tais como uma série de fotografias de Mario Cravo Jr, e obras de Carybé, José Rufino, Amilcar de Castro, Nadia Taquary, Nelson Leirner, Rubem Valentin, Marco Antonio Ramos, Ângela Cunha e Mario Cravo Neto.


Michele Krauspenhar
Vitrine: Vitrine Cape Town
Destino: África do Sul
Homenageado: A designer floral Tina Gabriel. 
Conceito: O ambiente é uma sala de jantar inspirada na cidade de Cape Town. Conhecida como um dos destinos mais bonitos, a capital da África do Sul possui influências holandesas e inglesas presentes na arquitetura, nas artes e no estilo de vida, que mesclada com toda bagagem cultural típica do continente africano transformam a cidade em uma mistura única e muito interessante de se presenciar. O destino foi inspiração para todas as características e detalhes do projeto. A referência é notada nos materiais naturais como a madeira natural, a pele, a lâmina de pedra na parede, nos tecidos rústicos, nas linhas simples e de design. Foi escolhida a mesa com tampo de vidro sobreposta na Coluna Asti para posicionar-se no centro do ambiente como peça principal; acima de todo o espaço, no teto, projetou-se um painel suspenso na cor preta que possui um rasgo bem acima da mesa e dele saem raízes naturais de árvore com iluminação indireta. A duas paredes laterais à mesa recebem atenção especial: na direita serão expostas as fotografias de rochas da artista Mariana Canet que com proporções generosas trazem a cor para o ambiente. Já a parede esquerda, será revestida por lâmina de pedra da marca Palimanam que é uma referência ao maior e mais significante símbolo da cidade homenageada, a Table Mountaim (grande montanha de cume plano que domina a paisagem de Cape Town).  No fundo da ambiente, junto a parede de vidro existente,  foi colocada a mesa New Serengeti de madeira maciça na tonalidade de cinza que serve como um grande aparador com objetos e vasos com folhagens naturais.


Anna Letícia Loyola
Vitrine: Platinum Sunny Island
Destino: Miami
Homenageado: A empresária curitibana Luciana Almeida. 
Conceito: Com muita valorização da luz natural, a arquiteta elegeu uma base neutra que, combinada a tecidos e revestimentos refinados, refletem toda a elegância esperada para o ambiente de 42m². “A proposta é contemporânea e os móveis amplos, dispostos em um layout surpreendente e moderno, fortalecem esse conceito”, avalia a arquiteta, que diz ainda ser esse um espaço para instigar a contemplação do visitante. Nos highlights, uma mescla irresistível entre lâmina natural de madeira, dourado e marsala – a cor do ano eleita pela PANTONE® em 2015, mas que por suas qualidades calorosa, impactante, unificante e harmoniosa, perpetuou-se como tom clássico e certo na arquitetura de interiores. No mobiliário, peças da linha Beach&Country da Artefacto, como o banco Shiraz (em madeira rústica), a cadeira Nikaia (em aço carbono e estofado), a mesa Nidus (em aço carbono, madeira e couro), a mesa lateral Trieste Outdoor (em fibra de vidro) e outras, ilustram como a fusão de texturas ajuda a definir o décor contemporâneo e cosmopolita.


Felipe Saia
Destino: Londres
Homenageado: o empresário, músico e DJ Nizo Gomide.

Conceito: Londres é vibrante, urbana, transpira musicalidade e arte contemporânea. Procuramos usar essas referências e transmitir essas sensações em alguns pontos da decoração. A parede de concreto combinada com as luminárias moduladas em cobre foram escolhidas para dar ao ambiente um caráter rústico e urbano, semelhante ao que encontramos na arquitetura moderna conservadora de Londres. Pensei em desenvolver algo que unisse as referências a cidade escolhida, ao homenageado e ainda se adequasse a linha que a Artefacto oferece. Para a escolha dos materiais utilizei, na sua maioria, tons neutros. Para os estofados usei uma linha mais moderna e limpa. Para os aparadores, a linha LUCCA,  que combina a madeira com o mármore, e estabeleci um contraste usando as mesas de centro da linha THERA. A proposta do balanço POSITANO para um ambiente interno pode ser colocado como um destaque. É uma poltrona que ressalta ainda mais o caráter informal do projeto e a coloração cinza neutra trouxe mais requinte para o espaço. Além disso, o uso de materiais brutos e industriais está ganhando cada vez mais espaço na área de decoração de interiores e, por isso, utilizamos as arandelas em cobre combinadas com a parede revestida com placas cimentícias. Combinei arandelas e quadros para mostrar que esses elementos, mesmo sendo rústicos, podem ser usados de várias formas em projetos residenciais e corporativos sem perder a elegância.

Nenhum comentário: