NOSSA REVISTA ON-LINE PRA VOCÊ!

segunda-feira, 28 de março de 2016

COMO DECORAR O QUARTO DOS PEQUENOS

            Lúdico, colorido e muito divertido. O quarto de uma criança deve refletir o seu mundo e funcionar como um cantinho onde ela possa dormir, relaxar, brincar e estudar. Mas criar um ambiente seguro, aconchegante e que se adapte às necessidades dos pequenos não é uma tarefa tão simples. "É preciso pensar em cada detalhe para que o quarto seja acolhedor e também funcional, que facilite a vida da mamãe na hora da arrumação. Além disso, essa nova geração sabe muito bem o que quer, então a decoração precisa ainda levar em conta a personalidade, o gosto e as característica de cada criança", explica a designer de interiores Maria Cláudia Slaviero Cassou Guerios.
            Idealizadora da DOUDOU - loja virtual de decoração e enxoval infantil - a designer dá algumas dicas para criar um ambiente mágico, do jeitinho que seu pequeno sempre sonhou.  

1 - Aposte no moderno
Não existem regras fixas, mas é possível notar um movimento que valoriza uma busca pelo mais simples, sem tanto "frufru". "Aquela coisa de ter um quarto com a mesma estampa, mesma cor e tudo combinadinho, do teto ao chão, está perdendo força e os espaços estão se tornando mais livres, orgânicos e interessantes", explica Maria Cláudia. Criar ambientes com decorações temáticas, com personagens do momento - como Peppa Pig ou Frozen, por exemplo - também não é muito indicado. Afinal, as crianças enjoam e sempre surge um novo desenho favorito. Ao invés disso, brinque com cores, formas, objetos e texturas.

2 - Pense na praticidade e no futuro
A vida com crianças demanda praticidade. Por isso, busque um mobiliário mais simples, com bons espaços de armazenagem (para acomodar brinquedos, livros, roupas), peças de fácil manutenção e boa durabilidade. Pense ainda no futuro e utilize peças que possam se adaptar e acompanhar o crescimento dos pequenos.

3 - Criança x espaço
A criança precisa de estímulos sensoriais e espaços para explorar. É muito importante que o cantinho dela também seja estimulante e interessante, pois ela vai se construindo como pessoa e se desenvolvendo por meio da relação com o ambiente. Cores mais vivas, texturas variadas e acessibilidade são fatores que contribuem para tal.

4 - A apropriação do espaço
É fundamental trazer para a decoração o mundo da própria criança: seus brinquedos, seus objetos de apego, seus desenhos. Assim, com estes objetos afetivos, ela consegue se sentir parte e se apropriar do ambiente.  Do contrário, o quarto ficará sempre "perfeitinho",  mas sem conseguir efetivamente acolher aquele que deveria ser seu dono.

5 -  Não tenha medo de ousar
Se existe um ambiente da casa em que podemos ser totalmente criativos, é o quarto das crianças. Não tenha medo de arriscar. Cores inusitadas, combinação de estampas e até a disposição dos móveis podem tornar o espaço muito divertido. "E fuja dos estereótipos: quarto rosa para as meninas e azul para os meninos. Invente, experimente", ressalta a designer.

6 - Use as paredes
Quadros, pôsteres, nichos, prateleiras, papel de parede, letras, espelhos, fotografias, adesivos e até mesmo as washi tapes são ótimas opções para decorar as paredes, personalizar o espaço e proporcionar um toque de charme.

7 - Organização
Quarto de criança é sinônimo de bagunça. Afinal, nada mais saudável do que brincar, explorar e se divertir. Mas, para facilitar a organização do ambiente, o ideal é ter um armário específico para guardar os brinquedos e objetos dos pequenos. Caixas, cestos e baldes permitem fácil acesso e mantêm a bagunça fora de vista. "Isso serve de referência para que os pequenos saibam onde buscar suas coisinhas e também para aprender a guardá-las", afirma Maria Cláudia.

8 - Iluminação
O quarto dos pequenos exige uma iluminação bem pensada. No quarto infantil, a iluminação deve ser flexível, permitindo a criação de diferentes cenários em um mesmo espaço. "É importante ter uma luz central, que ilumine o ambiente de forma geral. Assim, a criança pode usar o espaço para suas brincadeiras e atividades". Além disso, luzes indiretas funcionam bem para dar um clima suave e aconchegante. Luminárias de mesa, abajures e direcionáveis são importante para mesinhas de estudo e cantinhos de leitura. Outra opção divertida são os cordões com mini lâmpadas que podem receber pequenas cúpulas ou globinhos de papel (tipo lanterna chinesa). Essa idéia é fácil de fazer em casa e deixa qualquer ambiente mais aconchegante e charmoso.

Nenhum comentário: