TRADUÇÃO DE REQUINTE E FUNCIONALIDADE

A elegância ditou o projeto de 52 m² da Arquiteta Claúdia Guapo. ‘‘a suíte foi projetada a partir de princípios que reunissem requinte, funcionalidade e conforto”. O amplo espaço permitiu acomodar todas as necessidades com extremo bom gosto. As cores bases, preto, dourado, prata e seus nuances foram aplicadas por todo ambiente e atribuíram um resultado incrível a Suíte Master da Haus Innen Maringá.


            O uso exclusivo do padrão preto no home (Movelaria Eldorado) conferiu sofisticação e praticidade a área reservada ao descanso do casal, o móvel foi executado visando priorizar  a visualização da TV e acomodar os eletrônicos.
A utilização do preto em interiores é muito tímida em razão do impacto causado pela cor, “e foi o desafio de associar tons intensos que me motivaram a estabelecer a composição e resultado ficou perfeito”, frisa a arquiteta.



            O dourado  ressaltou a combinação, através dos tecidos (Delicatesse) de origem turca e italiana presentes na colcha em chantun, na cortina e almofadas com fios de linho bordados no tecido de organza. O papel de parede vinílico com relêvo em motivos florais cativa pelo conjunto e textura. O brilho do interior das flores une-se a neutralidade do areia e prateado e destacam componentes da decoração.


            Destaque para o tapete (Delicatesse) nas cores tabaco e preto, em nylon com fios tratados e toque agradável. Os armários e closet foram projetados para permitir a integração e conforto do casal. Em MDF, nos padrões Fresno Negro e Lipari Magnólia, da Masisa, a composição de cores e acessórios diferenciados como os espelhos e vidros pretos nas portas de correr (marcenaria, espelhos e vidros da Movelaria Eldorado) otimizaram ainda mais o espaço, permitindo a presença da bancada de estudos na área íntima da suíte. O esmero da execução da marcenaria pode ser observado nos detalhes: acessórios, ferragens e acabamentos, garantiram o resultado.



            Na àrea de banho, destaque para a beleza e dos revestimentos (Prisma Revestimentos). Nas paredes o modelo Duna ondulado cria um efeito incompável ao ambiente.
No piso e na extensão de uma das paredes o revestimento natural padrão Etrusco tem  textura marcante e remete ao efeito dos mármores gregos e italianos e transmite personalidade a àrea.



            A borda da banheira foi valorizada com o revestimento  rústico padrão Madeyra. Ele reproduz fielmente os veios das madeiras nobres, com a vantagem de não sofrer com a ação do tempo. “Além de lindo tem fundamental  importância na preservação da natureza”, Destaca a Arquiteta.

Comentários

Postagens mais visitadas