EDIFÍCIO NO CENTRO DE SÃO PAULO DÁ NOVAS CORES À REGIÃO




 Empreendimento chama atenção pela fachada pós-moderna em dégradée de verde e azul, assinada por Rosenbaum® em parceria com o Estúdio Guto Requena
Quem passa pelas ruas do centro de São Paulo sente falta de vida na paisagem. Com exceções raras, como a rua Avanhandava, o cinza ainda é o tom predominante na região. Essa realidade, porém, começa a mudar com a pintura da fachada do Edifício Brasil. O novo empreendimento da incorporadora  W Zarzur, em tons de verde e azul, tornou-se ponto de referência e plano de fundo de fotos dos paulistanos. O prédio pode ser visto de diferentes pontos da cidade, como a Avenida 9 de Julho e o Minhocão.
“Ficamos muito felizes que o Edifício Brasil esteja chamando a atenção. Nosso intuito sempre foi tornar o prédio um agente transformador, um presente para todos, moradores, vizinhos e qualquer pessoa que observe a vista”, explica  Ricardo Zarzur,  diretor comercial da W Zarzur
A identidade do Edifício Brasil é assinada pela Rosenbaum® em coautoria com o Estúdio Guto Requena. Na obra, foram trabalhadas as cores da natureza brasileira, como uma arte plumária. Além do efeito estético, as cores dão individualidade aos apartamentos: o morador consegue identificar facilmente qual a sua casa.  
Saiba mais – “Na concepção do Edifício Brasil, os espaços foram pensados para se integrarem com a paisagem local e refletir sobre a relação dos moradores com o entorno”, explica o diretor administrativo da W Zarzur, Roberto Zarzur.

Um dos principais exemplos é o painel “Vocabulário para pensar a cidade”, do artista plástico e arquiteto Vitor Cesar, que se destaca no cenário brasileiro das artes públicas. Na parte externa a obra se materializa como se estivesse em uma galeria ao ar livre, à altura da rua. O painel traz um conjunto de termos e expressões que remetem à metrópole, à arquitetura e ao urbanismo. 
Todo o projeto do prédio traduz o universo do Brasil contemporâneo, unindo acabamentos, cores e arte contemporânea. No hall, o piso que faz referência ao mapa de São Paulo divide espaço com as esculturas dos leões do Mestre Nuca de Tracunhaém/PE. 
A cobertura foi concebida como um sky lounge para convivência entre os moradores, com vista 360º para a cidade. O bosque e demais áreas verdes têm projeto paisagístico desenvolvido por Martha Gavião
À noite, a forma e as cores do prédio são realçadas pela iluminação, desenvolvida por Franco e Fortes, escritório responsável pelos projetos luminotécnicos da Estação da Luz e do Mercado Municipal. 

O empreendimento oferece infraestrutura e arquitetura únicas no Centro. Seus moradores terão acesso a comodidades como concierge, academia By Runner, com 2 quadras de squash, fitness, lavanderia, sauna, restaurante/café, sala de convenções, salão de festa, SPA, piscina, deck molhado e pet place, entre outros. Os apartamentos do Edifício Brasil têm entre 35, 50 e 80 m², com um ou dois dormitórios, e coberturas de até 190 m². 

Comentários

Postagens mais visitadas