PRODUTO INOVADOR MANTÉM O SOLO SECO E ACESSÍVEL


PlastFloor é uma excelente solução para pavimentar estacionamentos, pistas, praças e outros locais, permitindo permeabilidade e acessibilidade

As chuvas torrenciais frequentes durante o verão, principalmente nas grandes metrópoles brasileiras, trazem diversos problemas. Falta de energia, queda de árvores e áreas que ficam com poças ou grandes alagamentos, trazem prejuízos à população. No entanto, inúmeras vezes esses problemas podem ser evitados com a construção de locais permeáveis.

Produzido no Brasil desde 2008 pela PlastPrime, o PlastFloor pode ser utilizado para a manter a área permeável sem prejudicar o solo e a acessibilidade. Pode ser utilizado em praças, estacionamentos, parques, pistas para caminhadas, heliportos, hípicas, campos esportivos e outros locais onde é necessária uma superfície plana e seca.

Uma outra aplicação do produto é a construção de telhados verdes, nova tendência na construção sustentável. Que consiste num sistema de construção de coberturas e edifícios onde se é aplicada vegetação. O PlastFloor é utilizado como estruturação dessa vegetação e faz a separação entre a área gramada e a de armazenamento da água. Assim,
retém partículas em suspensão, funcionando como um grande filtro natural da água escoada, possibilitando o aproveitamento desta para uso em funções não potáveis, como descarga de vasos sanitários, lavagem de pisos e carros.

A gerente de marketing da PlastPrime, Suelen Oliveira, explica que o produto além de ser fabricado com material reciclado, também é 100% reciclável e está entre as melhores opções de pavimentos permeáveis do mercado.
 
Pavimento escolhido para revestir o solo da academia
ao ar livre  do Parque Barigüi, em Curitiba.
Resistência, modernidade e sustentabilidade 
Um dos grandes diferenciais do produto é ser fabricado em formato alveolar vazado, assim, o produto dissipa a energia, fazendo com que o solo não seja compactado, e a superfície fique sempre plana e seca. Esses alvéolos podem ser preenchidos com granilha, grama ou areia, o que o torna resistente a cargas de até 100 toneladas por metro quadrado.

O Plastfloor tem sido escolha para criação de novos ambientes em projetos de prefeituras, pois, como é uma estrutura neutra, não interfere no paisagismo do local. Em Curitiba, por exemplo, o pavimento da PlastPrime foi escolhido para ser utilizado em dois projetos no Parque Barigüi, um dos principais pontos turísticos da cidade. Ele foi utilizado para revestir o solo da academia ao ar livre e do apiário, sendo este último, um projeto recente e inovador, que visa o aumento da polinização na cidade por meio das abelhas. “Buscamos formas de manter o mundo mais ecológico e com menos concreto. Quanto mais áreas verdes e permeáveis pudermos manter em nosso planeta, mais próximos estaremos de ter um mundo verdadeiramente sustentável”, finaliza Suelen.

Principais diferenças entre os pavimentos mais utilizados
- PlastFloor: 100% permeável, baixa reposição do preenchimento, custo de manutenção baixo e paisagisticamente neutro.
- Cimento e concreto: impermeáveis, preenchimento periódico de fendas, custo elevado de instalação e reinstalação e interfere no paisagismo.

Para mais informações sobre o pavimento permeável PlastFloor acesse: www.plastprime.com


Comentários