FAQUEIRO MÁGICO OTIMIZA ESPAÇO NA COZINHA COM DESIGN INOVADOR

"Faqueiro mágico" otimiza espaço na cozinha com design inovador
O invento permite que as peças sejam guardadas suspensas nos armários 
Casas cada vez mais compactas requerem soluções que maximizem cada centímetro quadrado, sem sacrificar a estética dos ambientes. Atento a essa demanda, Ronaldo Siqueira da Silva, afiliado à Associação Nacional dos Inventores (ANI), desenvolveu o “faqueiro mágico”, um produto que permite guardar as peças suspensas no armário.
O "faqueiro mágico" é um acessório com fixação por contato, que fica suspenso e pronto para utilização. O produto pode ser embutido durante a etapa de confecção dos armários ou ser adicionado a um móvel já existente. O consumidor também poderá escolher se a peça ficará ou não visível, de acordo com estilo do ambiente.

O usuário ainda conta com a opção de instalar o produto direto na parede por meio de suporte e parafuso que seguirão na embalagem – “Assim o ‘faqueiro mágico’ ganha também a função adicional de prateleira para potes ou copos”, destaca o inventor. Nessa disposição, o produto ganha a função extra de escorredor.
O público-alvo de Ronaldo são clientes residenciais, arquitetos, designers de interiores, fabricantes de móveis e utensílios de cozinha, bem como lojas de departamento e de produtos para o lar.
Protótipo do faqueiro mágico
O invento já foi registrado pelo inventor. Hoje, Ronaldo procura por investidores para produzir e comercializar o produto, seja por meio da venda da patente ou do seu licenciamento, bem como pela formação de sociedade.

Sobre a ANI – A Associação Nacional dos Inventores foi criada para que as invenções brasileiras possam servir à sociedade e estimular os inventores a continuar dedicando-se à inovação. Todos os projetos acompanhados pela ANI possuem proteção legal, além de estudo de seu funcionamento. A associação também busca empresas, investidores e parceiros que queiram viabilizar os projetos e disponibilizá-los em larga escala no mercado.
Sitewww.inventores.com.br

Comentários