CANTOS OCIOSOS GANHAM UTILIDADE COM PLANEJAMENTO

 Um dos maiores desafios na hora de projetar e decorar uma casa é saber aproveitar os cantos ociosos, nada que uma boa dose de planejamento e criatividade não solucionem esse problema fazendo com que cada espaço tenha uma função dentro do ambiente.
Alguns espaços ociosos são difíceis de resolver, mas com o tamanho das casas e apartamentos cada vez menores, não da pra desperdiçar espaço algum.  Esses lugares podem ser ótimos aliados para acomodar móveis ou criar pequenos ambientes, sendo necessário um bom planejamento para que fique harmonioso dentro do contexto. Conforto e funcionalidade são as palavras-chave na hora de planejar e decorar, e o efeito visual agradável é a consequência de um espaço bem distribuído e organizado.


De acordo com a arquiteta Adriana Ciliprandi Lopes, da Marel Móveis Planejados, cantos sem utilidade podem ganhar novos usos por meio de armários, gaveteiros, estantes e aparadores, que dão utilidade aos ambientes esquecidos da casa. Além disso, alguns truques são válidos para aproveitar melhor os espaços e até conferir uma sensação de amplitude, como a utilização de espelhos e iluminação embutida.

Seguem alguns exemplos:
Neste quarto de casal, a melhor maneira de aproveitar o canto foi a opção do roupeiro em forma de ‘L’ com portas de correr revestidas de espelhos. Assim, nenhum cantinho perdeu utilidade.  

Já no quarto da menina, a bancada de estudos sobrepõe-se ao móvel abaixo da TV, conferindo maior integração dos móveis.

O corredor estreito virou closet (fotografia ao lado), com bancada de maquiagem, gavetões e cabideiros.


Comentários

Postagens mais visitadas