VENCEDORES DO 20º CONCURSO ESTUDOS DE UM BANHEIRO NO ESPAÇO DE DESIGN DECA



A Deca anunciou ontem (26), os vencedores do 20º Concurso Deca Estudos de Um Banheiro. A premiação, que reconhece os melhores projetos de estudantes de arquitetura e design de interiores, contou nesta edição com a participação de mais de 1.800 alunos, com 306 trabalhos inscritos pelas instituições de ensino. Outra novidade foi a expansão regional do concurso, com participação de alunos de todo o Brasil. Fátima Barnabé, arquiteta da Deca, comemora os números expressivos desta edição. “Este ano tivemos um número grande de trabalhos inscritos, mais até do que o ano passado, apesar de algumas escolas terem entrado em greve”, revela. 
Na ocasião, foram premiados 12 estudantes nas categorias Design de Interiores (retrofit de banheiro de apartamento anos 60 e banheiro de casal jovem) e categoria Arquitetura (banheiro móvel para área livre e banheiro de moradia popular). Para avaliar os trabalhos e definir os grandes vencedores, o corpo de jurados contou com Cristina Bava, Fátima Barnabé, Flávio Butti, Antônio Ferreira Jr., Ana Maria Bogar e Tomás Alvim.

Vencedora na categoria Design de Interiores com o projeto retrofit de banheiro de apartamento anos 60, Rafaela da Silva Leite, estudante de design de interiores da Etec Júlio de Mesquita, diz que ainda quer cursar arquitetura e acredita que vencer o concurso possa abrir oportunidades para a sua carreira e que o prêmio ajuda a estimular os alunos. “O concurso incentiva os estudantes a ter vontade de desenvolver seus trabalhos, habilidades e estudar a fundo cada tema”, comemora.

Ainda na categoria Design de Interiores, Érica de Brito levou o primeiro prêmio com seu projeto de banheiro de casal jovem sem filhos. A ganhadora aproveitou seu projeto de TCC e fez algumas adaptações para apresentar no concurso e desde o início estava confiante com o projeto que iria apresentar. “Estou muito feliz e agradecida por terem escolhido meu trabalho”.
Para o jurado Antônio Ferreira Jr., vencer o prêmio Deca abre as portas para a jornada profissional de cada estudante. Foi pensando nisso que Maycon Rosa decidiu se inscrever pela segunda vez no concurso, com intuito de poder desenvolver um bom projeto e ter o seu trabalho reconhecido por profissionais de renome e poder chegar a final. “A gente sempre faz o projeto pensando em ser reconhecido, dei o meu melhor”, afirma. Para o estudante de arquitetura, o prêmio é uma iniciativa muito boa e faz com que os alunos se dediquem em seus projetos. Ele foi o vencedor com o Banheiro para Moradia Popular, categoria elogiada por Tomás Alvim, que comentou o nível dos trabalhos, repletos de ideias muito criativas.

Ainda na categoria de arquitetura, Camille Ines Seleme venceu com o projeto de Banheiro Móvel para Área Livre. A estudante não esperava chegar entre os finalistas e ficou muito feliz com o resultado. “Com este projeto absorvi muito conhecimento, tive contato com várias empresas e também aprendi a negociar e criar novas soluções”, afirma. A estudante ainda ressalta que participar e ganhar o concurso Estudos de Um Banheiro é uma oportunidade de ter visibilidade e projetar seu nome nacionalmente.
Todos os finalistas terão seus trabalhos expostos no Espaço de Design Deca no período de 27 de agosto a 28 de setembro de 2015. Para os vencedores a premiação foi ainda mais surpreendente, com um notebook e a publicação de seus projetos na revista Casa Claudia, além de concorrem ao sorteio de um ambiente na edição 2016 da CASA COR, maior evento de arquitetura e decoração da América Latina, que esse ano teve como contemplada a estudante Rafaela da Silva Leite, que ficará responsável pelo banheiro público da mostra.

Sobre a Duratex
A Duratex S.A. é uma empresa brasileira, privada e de capital aberto, controlada pela Itaúsa – Investimentos Itaú S.A e Companhia Ligna de Investimentos. Maior produtora de painéis de madeira industrializada e pisos, louças e metais sanitários do Hemisfério Sul, é líder no mercado brasileiro com as marcas Durafloor, Duratex, Deca e Hydra. Produz ainda aquecedores solares e chuveiros eletrônicos. Também está entre as 10 maiores empresas globais dos setores em que atua.
Com sede em São Paulo, conta com cerca de 12 mil colaboradores e 15 unidades industriais estrategicamente localizadas nos estados de MG, PB, PE, RS, RJ, SC, SE e SP, além de três fábricas de painéis na Colômbia, por meio de sua participação de 80% na Tablemac. No final de 2014, foi criada a Caetex, joint venture para o plantio de florestas de eucalipto em Alagoas. A empresa adquiriu em julho de 2015 a Duchas Corona tornando-se vice-líder no segmento de duchas e torneiras elétricas.
Possui 272 mil hectares com florestas plantadas e áreas de conservação nos estados de MG, RS e SP. Tem suas ações listadas nos mais relevantes índices do mercado, tais como Ibovespa (principal índice de referência da BM&FBovespa), Dow Jones Sustainability Emerging Markets Index (Índice Dow Jones de Sustentabilidade para Mercados Emergentes) e no Índice de Sustentabilidade Empresarial da BM&FBovespa – ISE.

Comentários