MESA DE JANTAR ILUMINADA


Aprenda a escolher a iluminação ideal para a área em maior evidência na sala de jantar 

A Iluminação da mesa de jantar é o grande destaque da sala, mas nem sempre é fácil decidir o modelo e tamanho perfeitos de luminária para cada espaço. Pensando nisso, Daniele Bagatoli, sócia da Luna Luce Iluminação e pós-graduada em Iluminação e Design de Interiores, ensina o que deve ser levado em conta na hora da escolha para que o ambiente fique aconchegante, agradável e bonito.

O primeiro passo é sempre lembrar que a mesa deve ser iluminada de modo uniforme. Para isso atente-se ao tamanho e formato do móvel. “A forma retangular é a mais democrática, pois permite o uso de luminárias redondas, quadradas, ovais e retangulares. Já as mesas redondas e quadradas aceitam luminárias nesses mesmos formatos, enquanto a oval comporta fontes de luz retangulares, ovaladas e redondas”, explica Daniele.

O tamanho da mesa também importa. “Em geral devemos respeitar a seguinte proporção: a luminária deve ser 1/3 do tamanho da mesa ou maior, ou seja, uma mesa quadrada 1,50 X 1,50 metro pede uma luminária de, no mínimo, 50 centímetros de diâmetro ou medida. Se a mesa for comprida, tipo a retangular ou ovalada, aconselha-se o uso de dois ou mais focos de iluminação para atender toda a extensão da mesa”, acrescenta.

Segundo Daniele, com relação à altura do pé direito, é preciso observar a distância da luminária ao tampo da mesa. “O ideal é que ela seja entre 75 e 90 centímetros. Luminárias instaladas acima de um metro ficam esteticamente desproporcionais”, ensina. Lembre-se também de optar por uma decoração baixa na mesa, para que não toque a luminária.

O modelo de lâmpada também é importante, pois, dependendo do tipo, pode ofuscar os olhos das pessoas, efeito inverso ao de aconchego que a mesa de jantar deve passar. Para a especialista, lâmpadas com efeito de facho focado e concentrado, como as dicróicas, Par 20 ou Par 30, AR-70 e Ar-111, devem ser evitadas. “Opte pelas incandescentes halógenas, fluorescentes compactas ou tubulares, ou, até mesmo, o LED. Prefira sempre as versões leitosas ou foscas e com temperatura de cor quente ou neutra”, afirma.

Com relação aos modelos de luminárias, Daniele explica que os mais indicados para mesas de jantar são os lustres com iluminação difusa, os pendentes com difusor em acrílico, vidro ou tecido, ou ainda com efeito de luz indireta. “Muitas pessoas ficam em dúvida se colocam ou não lustres de cristais na mesa de jantar pela dificuldade de limpeza. Porém, hoje em dia existem opções de produtos que facilitam o trabalho”, completa. A escolha depende do gosto de cada um e do estilo da sala de jantar como um todo.

Sobre a Luna Luce Iluminação:
Inaugurada em 2009, a Luna Luce Iluminação é uma empresa familiar administrada pela família Bagatoli, conhecida por seus mais de 30 anos de experiência na fabricação de luminárias. A loja trabalha com as melhores fábricas nacionais e internacionais e está sempre em busca de novas tendências no mercado. Para garantir um melhor atendimento aos clientes, a equipe é composta por designers de interiores e especialistas em iluminação.

Serviço:  Luna Luce Iluminação
 Av. Nossa Senhora Aparecida, 649, Seminário - Curitiba (PR)
Telefone: (41) 3085-1177 |  www.lunaluce.com.br


Comentários

Eli Belizário disse…
Nossa, conheci o blog a pouquíssimo tempo, mas já gostei!
Afinal, construção é o meu ponto forte :)
Venha conhecer meu blog:
www.casaoitenta.blogspot.com.br

Beijo, Eli

Postagens mais visitadas