LIGTHTING Design do Museu do Rio

 

mar__2_
MUSEU DE ARTE DO RIO (MAR) INAUGURA AMANHÃ COM LIGHTING DESIGN DE CARLOS FORTES
- Lighting designer apostou em luz de dentro pra fora para manter prédio vivo
São Paulo, 26 de Fevereiro de 2013 – Será inaugurado nesta sexta-feira (1/3) o Museu de Arte do Rio (MAR), um complexo que une museu e escola em 15 mil m² e inclui oito salas de exposições divididas em quatro andares, a Escola do Olhar e áreas de apoio técnico e de recepção, além de serviços ao público. Localizado na Praça Mauá, o MAR é uma iniciativa da Prefeitura do Rio de Janeiro e da Fundação Roberto Marinho e representa um dos marcos do Porto Maravilha, projeto da Prefeitura de revitalização da zona portuária do Rio, com investimentos também da iniciativa privada.
Com arquitetura de Thiago Bernardes, Paulo Jacobsen e Bernardo Jacobsen, o prédio tem lighting design assinado pelo Estúdio Carlos Fortes, com colaboração de Gilberto Franco. Fortes partiu de uma prerrogativa comum aos museus, a necessidade de se evitar a entrada de luz direta tampando janelas. Como a proposta arquitetônica propunha a manutenção da fachada do Palacete Dom João VI, em estilo eclético, o lighting designer criou uma iluminação de dentro pra fora do prédio para mantê-lo vivo.
As salas de exposição contam com um sistema de trilhos eletrificados, que proporciona a flexibilidade necessária ao museu, uma vez que a luz deve mudar a cada nova exposição. Os projetores especificados para esse sistema apresentam fachos de luz diversos para atender à variação dos efeitos desejados. A iluminação é integrada a um sistema de automação, que permite em cada sala o controle da intensidade da luz em variadas graduações, proporcionando a criação de diferentes cenas e o atendimento aos requisitos de conservação das obras de arte. A cobertura fluida – em concreto, que integra os dois edifícios, do Museu e da Escola do Olhar – foi iluminada de baixo para cima, a partir do piso, reforçando a ideia de movimento e fluidez sugerida pelos arquitetos”, afirma Fortes.
                                                         Crédito fotográfico: Jaime Acioli                                                                
Além do lighting design do projeto arquitetônico como um todo, Fortes assina a iluminação de três das quatro exposições inaugurais do MAR, “Rio de Imagens – Uma Paisagem em Construção”, com curadoria de Carlos Martins e Rafael Cardoso, “Vontade Construtiva – Na Coleção Fadel”, com Curadoria de Paulo Herkenhoff e Roberto Conduru, e “O ABRIGO E O TERRENO ​​– arte e sociedade no Brasil”, com curadoria de Clarissa Diniz e Paulo Herkenhof.
FICHA TÉCNICA
Museu de Arte do Rio (MAR)
Local: Rio de Janeiro RJ
Data: 2012
Projeto de Arquitetura: Thiago Bernardes, Paulo Jacobsen e Bernardo Jacobsen
Projeto das Exposições: Leila Scaf Rodrigues
Lighting Design: Estúdio Carlos Fortes / Co-autoria: Gilberto Franco
Projeto de Restauro: Velatura Restaurações Ltda.
Gerenciamento de Obras e Projetos: Engineering S.A. Serviços Técnico
Luminárias: Lumini
Automação: Lutron  www.estudiocarlosfortes.com

Comentários