FORMIGAS EM 3D NA SEDE DA APAP/PR

Quando o design se aplica na arte

As formigas gigantes invadem a Sala smar Cromiec e as Arcadas de São Francisco é a exposição que interage com o público inicia-se domingo (27)


A exposição “Giant” será aberta na sede da Associação Profissional dos Artistas Plásticos do Paraná, Sala Osmar Chromiec (Arcadas de São Francisco) neste domingo (27) a partir das 11 horas, com entrada franca.

A intenção da obra, de autoria do artista visual e arquiteto Guilherme Sant’ Ana é de interagir com o público, de forma a romper a barreira dos conceitos pré-definidos e se transformar em algo funcional; mais um brinquedo do que apenas uma obra observada à distância. Aqui, a mudança na escala de algo corriqueiro, uma formiga, força a interação do espectador.

A técnica utilizada é o 3d wooden puzzle (quebra-cabeça de madeira em 3d). Ela permite a desconstrução do símbolo utilizado, de forma que, apenas a essência do significado é o que resta O desenvolvimento da técnica começou em 2009, com a produção do video-arte em stop-motion, GIANT , onde uma formiga gigante de madeira atravessa os canteiros da Avenida Visconde Guarapuava, atrapalhando o trânsito, comendo lixo e acaba morrendo por conta do descaso e da poluição.

A pesquisa se aprofundou com o convite para a participação na Mostra Inaidindia, evento paralelo da Bienal de Design realizada em Curitiba, no ano de 2010. Lá, ao invés de circular pelas ruas, a formiga ganhou a companhia de 7(sete) formigas gigantes da cor laranja, em frente ao Paço da Liberdade. Agora, elas faziam as vezes de seres imóveis, e os humanos é que se transformavam em formigas, indo e vindo sem aparente propósito. A intervenção também foi capturada em forma de um vídeo time-lapse, que destaca a inversão de posições, e também serve para ilustrar uma nova forma de enxergar a relação espectador/obra de arte.

Uma nova exposição, firma-se como um aprofundamento da pesquisa sobre o tema que já é caro aos realizadores deste projeto. A maioria deles participou do desenvolvimento inicial da ideia e por isso a importância da continuidade. Ao conseguir expandir o

tamanho e o escopo da obra, as questões sobre o real sentido da arte, e como ela é percebida por quem não tem acesso as ferramentas de treinamento para entendê-la por completo, começam a fazer sentido, pois só assim será possível apresentar uma teoria

baseada em pesquisa formal que aprofunda nossa ligação com o que nos faz repensar a forma que enxergamos a vida.


Serviço: Exposição “GIANT”, de Guilherme Sant’ Ana
Dia 27 de novembro, a partir das 11 horas da manhã
Período: De 28 de Novembro a 30 de Dezembro
Na Sala Osmar Chromiec
Rua Jaime Reis s/n Arcadas de São Francisco – sala 07 –São Francisco – Curitiba – PR
Entrada Franca.
Mais informações: (41) 3232-0408 e cel. (41) 9991-0102 e www.apap.com.br

Comentários

Anônimo disse…
Sensacional essa exposição !!! Vale a pena ir lá tirar Foto !!! Abs, LG

Postagens mais visitadas